Assim também eu...

... roubar aos pobres para dar aos ricos, assim também eu era um grande governante!!!

Que pouca vergonha de país!!! São sempre os mesmos a pagar as facturas e os mesmos a esbanjar o que é de todos nós!!!!

Este país já mete dó...

Tradução aos 13 meses...

... Qé mnhã mnhã, qé mnhã mnhã...
(o que diz quando tem fome e quer comer)

(e já é tão crescida que até já tem um pré-molar todo de fora! E eu sou tão má mãe que quando dei conta já ele estava bem visível!!)

Depressão total...

... o Outono já chegou!
... está mais frio!
... doi-me a garganta!
... ando cheia de sono (culpa da minha insónia recente!)!
... meti-me a fazer um curso em pós laboral (burra, burra, burra!!!) com um formador assim a dar para o chato!
... não consigo fazer dieta (só me apetece mesmo comer porcaria!)


Livra!!! Isto por aqui anda mau...

Não há 1 sem 2...

... e como uma doença auto-imune nunca anda só (segundo a médica) eis que me diagnosticaram mais uma: tiroidite! Pelos vistos o meu corpo é mesmo burrinho e agora encara a minha tiroide como um corpo estranho e por isso toca de atacá-la!!
Tou feita ao bife!!

Vai lá vai...

... se a rapariga continua com este ritmo de crescimento e este apetite, bem depressa vou à falência!!!
Fico muito feliz por a ver saudável, feliz, alegre e a comer muito bem, mas a beber 2 biberons de leite depois de jantar e de comer parte do meu jantar, depressa me põe a pedir na rua!!

Instinto maternal...


... com pouco mais de 1 ano, uma das brincadeiras favoritas é dar leitinho às bonecas (nenucos que recebeu nos anos). Aliás, não começa uma manhã sem pegar nas bonecas! É tão engraçado de ver porque aproxima o biberon de brincar das caras das bonecas e com a boca faz um som como se tivesse a comer!
Está numa idade tão engraçada a princesa!




Dia especial...

... hoje é um dia especial para a família: o piolho do meu sobrinho entra hoje para a "escola dos crescidos" como nós lhe dizemos! Com 6 anos, começa hoje o 1º ano...

Ando...

... desalentada com as injustiças da vida!
... desanimada por saber de noticias tristes!
... irritada comigo mesma por não conseguir ter a palavra certa no momento certo!

(o que me vale é chegar a casa e ter uns braçinhos estendidos na minha direcção que me fazem sentir tão amada e tão feliz!)